• Anúncios
Imagem
Tópico de Atendimento: ---

Yolandi Galega - Recife - (81) 98998-0588

Mensagempor OTrovador » 12/02/2018 03:09:14

tdpositivo
Beijo: Sim
Oral: Sim (com latex)
Anal: Sim
Data: 05/01/2018
Cachê: R$150 por: 1 hora

Relato:
Uma sapecada esperta na Yo Galega

Prefácio
Salve, salve cambada de ilícitos, portadores da síndrome da putaria, beleza?
Pra não perder o costume, Bolsonaro 2018, a Terra não é plana e 87 é do Sport!
Início de ano, aberta a temporada de caça às putas, e eu voltando a ativa (não costumo traçar perva quando estou com alguém). TD realizado ontem, bem cedo, eu tinha viagem depois.

Achei água no meio do deserto
Estava eu xeretando nos sites adultos, buscando priquito novo e tive uma rara e boa surpresa no site Skokka, pois sabemos que nesse famigerado site em geral predominam os fakes, mas por exceção tive uma surpresa boa.
Pois bem, a grata surpresa é essa: uma prima guerreira de 19 aninhos, loira, de olhos claros, estatura média, coxas grossas, bundão, seios de pequenos a médios, leve saliência na barriga sem comprometer, leves marcas de espinha no rosto.
Universitária paulista de férias em Recife, residente no interior pernambucano, onde estuda, tem o seu trabalho de verdade e ainda faz programa pra ter uma grana a mais, é iniciante na área.
Tava conversando com a Yolandi há cerca de duas semanas, sempre prestativa e educada nas respostas pelo áudio do WhatsApp, uma voz com sotaque de Sampa, doce e sexy.
Pelo fato da perva morar no interior, estava difícil achar um dia para deslocar-me ao Agreste, mas ela avisou-me que iria passar ano aqui em Recife, aí tive que aproveitar a oportunidade, hehehe! Estava vestida de forma simples e ao mesmo tempo sofisticada, semi comportada, com certo realce às coxas, mas sem pinta de gp.
Trepada marcada, vamos ao relato.

Sapequiaiá marcado; Galeguinha, cuidado com os dentes! Pica batizada e boquete guloso
Peguei a puta galega no bairro da Encruzilhada e rumamos para aquele abatedouro da Avenida Norte, próximo de casa.
Adentramos o antro da perdição. Tava cheirosa, recém banhada, despiu-se e deitou-se no leito de abate. Fui tomar banho enquanto conversávamos as coisas da vida, principalmente da vida particular dela, que não vem ao caso contar. Ela tem bom papo, companhia muito boa.
Enfim, como sempre, começamos pelo oral, feito no capote, mas foi tão molhado e guloso que nem parecia que tinha camisinha, mas aconteceu uma situação inusitada. De início parecia que a chupada seria fraca, pois a perva ralou os dentes na cabeça do pênis (apenas depois da transa que percebi duas marquinhas de dente na cabeça do pau), mas o oral foi melhorando, melhorando e passados uns 10 minutos de chupa-chupa, a chupada tava tão boa, a putinha tava devorando a rola como se não houvesse amanhã e ainda me olhando bem safada, por pouco não gozei, preferi então começar a penetrá-la e guardar o esperma acumulado para o final, pois prefiro gozar uma única vez, meu estilo.

Madeirada que ela aguenta, no cu facinho, volta pra xaninha, estocadas fortes e xeque mate
Começo no papai e mamãe, priquito bom de socada e ela gemendo alto com aquela vozinha doce, mamei seus belos seios e beijei na boca, sem língua. Cavalgada de frente, muito boa a montada e eu pergunto se ela fazia anal.
Ela respondeu: _ Faço, você quer?
Se quero? Partiu cuzinho, antes disso, sugeri o gel, mas ela disse: _ Precisa?
Respondi: _ Não sei, você quem sabe, o cu é seu...
Começamos a gargalhar alto, ótima sintonia que tive com essa galega.
Fico em pé na beirada da cama, enquanto ela fica de quatro, deixa a bunda grande bem empinadinha, passa o gel e começo a comer aquele cu. Pensei que seria mais difícil, ledo engano meu, o cu dela é bem receptivo, fácil de meter. Tome madeirada no cu da perva e ela gemendo e tome tome vara, visão linda daquele rabo, passei um bom tempo metendo ali.
Camisinha trocada, volto pra vagina, no frango assado, seguro seus seios e continuo a metelança, entre beijos e abraços. Depois estico suas pernas e as coloco sobre os ombros (não sei o nome dessa posição) e permaneço assim até gozar, quando sento na cama, ela senta nos meus joelhos e jogo toda a porra no seu bumbum.

Considerações finais e boletim da perva
Tomamos banho juntos, trocamos carícias, enfim, arrumados, pagamento pelo trabalho e fomos embora.
Boletim sexual:
Atendimento: pontual, simpática, educada,
culta, agradável companhia, esquece e relógio, não reclama e não foi mecânica, 9,0
Aspectos físicos: rosto de menina num
corpo de mulher, linda, não é malhada, corpão, seios
bons pra chupar e belo bumbum, 8,5 no conjunto
Oral: ralou os dentes no início, mas erros
acontecem, sabe chupar, 8,5
Vaginal: depilada e carnuda, mas não
chupei, 10,0
Anal: entrou fácil, ótimo, 10,0

Pretendo repetir, provavelmente no interior! Fui, ilícitos.

"Mate o que tá te matando, vai por mim."

O Trovador

Links da galega:
https://br.skokka.com/acompanhantes/rec ... 198695381/
https://br.skokka.com/acompanhantes/rec ... 199024687/
https://br.skokka.com/acompanhantes/rec ... 203439267/
https://br.skokka.com/acompanhantes/rec ... 204309683/
Telefone: (81) 98998-0588
OTrovador
Offline
Avatar de usuário
FORISTA
Mensagens: 3
TDs: 3