• Anúncios

Termas 502 - Rua da Alfândega, 65 - Centro

Mensagempor Dante-RJ » 17/12/2017 02:04:31

Garota: GISELE
tdpositivo
Beijo: Sim
Oral: Sim (sem latex e não finalizado)
Anal: Não
Data: 14/12
Cachê: R$150 por: 30 minutos

Relato:
Visitei a 502 na última quinta-feira. De uma casa que afundava na decadência, com raros clientes, poucas meninas e um astral de capela de velório do São João Batista, encontrei uma Terma em total transformação. Assim que entrei na boate, cheguei a pensar que seria recebido pelo Jorginho Guinle, o salão bonito, limpo, repleto de mulheres bonitas, todas dançando, sorrindo, beijando na boca e aquele clima frenético de festa que a gente não quer que termine. Eu diria, sem exagero, que o novo proprietário da 502 não é um gestor, é um santo milagreiro. Uma palavra resume: sensacional.

Não bastasse a alegria do ambiente, as meninas bonitas e receptivas, ainda rolou sorteio de cabines e distribuição de deliciosos salgadinhos. Se servissem umas taças de Chandon, eu ia pensar que tinha morrido e acordado no paraíso. Outra palavra resume: espetacular.

O que mais me surpreendeu foi a postura oposta que venho criticando em bordéis, de modo geral. Nesta nova fase da 502, esbarrei com meninas carinhosas, que dedicaram tempo a bater um papo, a dar uma namorada na pista, a trocar uns beijos na boca tão profundos que a vontade de subir às alcovas se tornava quase irrefreável. Se me pedissem uma terceira palavra para resumir, eu diria: inacreditável.

Enquanto em outros puteiros cariocas, os gerentes causam a impressão terem sido educados num seminário Franciscano, onde as meninas não podem nem apertar a mão, quanto mais beijar na boca. Na 502 a putaria não é eufemismo, é fato.

Em tempos de crise econômica e desemprego, o que faz a gente querer voltar às boates da vida é justamente essa vibração festiva, uma atenção diferenciada das mulheres e o tratamento personalizado da gerência. Ninguém mais quer jogar dinheiro fora, ou melhor, ninguém mais pode jogar dinheiro fora. Quando um gestor entende que a qualidade é o requisito básico para o sucesso sólido de qualquer negócio, faz-se a diferença. Repito, abrir um puteiro não é inaugurar um açougue, a nova direção da 502 parece que entendeu isso.

De um modo geral, os bordéis do Rio pecam pelo valor alto dos itens de consumo, uma Coca-Cola a 10 reais não me parece um fator positivo, mas quando o local que você consome oferece qualidade, a gente vai no embalo.

Subi com Gisele, uma mulata padrão Globeleza que faz barba, cabelo, bigode e de quebra também nos faz gozar que nem cachorro no cio. Loucura.
Você me pergunta se irei voltar a 502? Se continuar como está, vou querer morar lá. A última palavra define: irresistível.
Dante-RJ
Offline
Avatar de usuário
FORISTA
Mensagens: 19
TDs: 16

Mensagempor Dante-RJ » 23/12/2017 12:37:36

Garota: Arlequina
tdpositivo
Beijo: Sim
Oral: Sim (sem latex e finalizado)
Anal: Sim
Data: 22/12
Cachê: R$150 por: 30 minutos

Relato:
Sexta-feira à noite, decido fazer outra visita a 502. Casa cheia, lotada. Encontro alguns lendários foristas no recinto, são eles Krisium, Scooby, Diazepan e outros que irão me perdoar pela falta de memória. Um desses foristas jurava que eu havia morrido... Dante vive.

Vou cruzando a pista da boate com dificuldades, entre uma selva de bundas e seios esculturais. Passo por cada pedaço de mulher que a minha vontade é ajoelhar e agradecer aos deuses pelas visões divinas.

Repito detalhes que para alguns podem não ser importantes, mas para outros sim. O salão limpo, bem organizado, um garçom nota 10 (garçom é coisa quase extinta nos puteiros, mas na 502 ele resiste), uma mocinha ficava rodando por todos os lados querendo saber se estava tudo bem e se podia ajudar em alguma coisa. No anexo da boate, foi montada uma mesa imensa com a ceia de Natal, tinha de tudo.

Conversando com um e com outro forista, veio a velha nostalgia dos tempos da mitológica Red Light, na Praça da Bandeira, templo que deixou um vácuo muito grande justamente por ser uma casa que priorizava os foristas, a Red foi muito mais do que um bordel, foi um clube de libertinos. Comentei com o Krisium que se a 502 mantiver o ritmo, tem tudo para se transformar num ponto de encontro tão valorizado quanto foi a saudosa Red. A casa tem ótima estrutura. Além da suíte, todas as cabines possuem chuveiro e eu consigo entrar no box (um ponto importante). É impressionante testemunhar o renascimento de um local que havia sido fechado por falta de movimento e que agora pulsa euforicamente no miolo do Centro da Cidade, concorrendo com a 4x4. Cada vez mais me convenço que o sucesso depende da mão que balança o berço.

De repente, interrompendo a minha vã filosofia, chega Arlequina e me tasca um beijo na boca que será a minha última lembrança no leito de morte. Beijo de língua, de saliva, aquele que toca a glote e faz sinos imaginários badalarem em nossa mente. Que mulher! Totalmente demais! Subo à alcova. Entre as quatro paredes, mais beijos, roçadas provocantes, chupada rapel (aquela que escala o pau de cima abaixo, sem receio ou piedade). Arlequina monta em meu tronco e começa uma cavalgada que nem as amazonas da ilha da Mulher Maravilha seriam capazes de realizar com tanta perfeição. A mulher geme mais do que violino em solo de Vivaldi. Outro boquete e vou ao nocaute. Acho que gozei um retalho da alma.

Como deixei o Sucatão em casa depois de tê-lo sacrificado n um episódio de 20 mil léguas submarinas, durante a chuva de quinta-feira, peguei o metrô e voltei para a Tijuca. O que posso dizer é que sexta-feira a 502 era um pedaço do pecado original, habitado por todas as Evas que foram expulsas do paraíso. A 502 era o paraíso.
Dante-RJ
Offline
Avatar de usuário
FORISTA
Mensagens: 19
TDs: 16

Mensagempor Dante-RJ » 19/01/2018 11:22:23

Garota: Pietra
tdpositivo
Beijo: Sim
Oral: Sim (sem latex e não finalizado)
Anal: Sim
Data: 12/01/2018
Cachê: R$190 por: 1 hora

Relato:
A 502, sem dúvida, está em sua melhor fase com a nova direção da casa. Hoje, sexta-feira, tem festa na casa e as festas de sextas são excelentes. Estive por lá semana passada e comi uma potranca chamada Pietra, mulher espetacular e faz de tudo na cama, sem frescura. Sarada, corpo todo trabalhado, uma deusa. Depois de usufruir bem daquele corpão, botei de quatro e fui pro abraço.

É impressionante ver como uma boa gestão faz a diferença numa casa que antes vinha abandonada e ligada no automático. A 502 se transformou, lembra os áureos tempos das Termas, com mulheres muito gostosas, chimbação liberada, muito beijo na boca e valores que cabem no bolso sem doer.

Hoje eu vou, porque hoje é dia de esbórnia, é dia de velho ser feliz...

Imagem
Dante-RJ
Offline
Avatar de usuário
FORISTA
Mensagens: 19
TDs: 16

Mensagempor Dante-RJ » 01/02/2018 10:39:01

Garota: Morena
tdpositivo
Beijo: Sim
Oral: Sim (sem latex e não finalizado)
Anal: Não
Data: 31/01
Cachê: R$190 por: 1 hora

Relato:
Meu TD ontem foi com Morena, um colosso de mulher, de corpo irretocável, cabelos negros, cacheados e compridos, completa na cama. Fiquei com gostinho de quero mais.

A 502 vai se firmando como um caso único, a exceção entre as casas do Centro da Cidade. Centro que passou a renegar seu espírito boêmio. Muitos de nós sabem que a 502 era uma casa morta, alguns diziam que não havia mais esperança para ela. Enganaram-se, não contavam com o Kleber, com a Renata e agora com a nova joia do time, a Patrícia. A 502 reergueu-se e vai se tornando o principal point do libertino happy hour. Não tenho dúvidas de que o Kleber deve estar trabalhando muito, suando camisa para conseguir o resultado que está conseguindo em tão pouco tempo. Os sinais do crescente sucesso são óbvios e surpreendentes, já reconheço muitos clientes, que eram habituais da 4x4, frequentando regularmente a 502. Quinta e sexta-feira são os dias mais intensos no salão da boate, mas acredito que com a consolidação do sucesso, a 502 terá público forte todos os dias. Como venho falando para os amigos, a 502 está recuperando aquela alegria e o bom atendimento que movia os clientes a frequentar e cultuar os bordéis do Centro. Não é trabalho fácil. Fui ontem e estou com vontade de retornar hoje, mas quando abro a carteira, ela me diz que é melhor esperar. Porém, vontade de passar a tarde e a noite de sexta-feira na 502 não me falta. Tudo que termas como a 65, Cancun, 4x4 e MV30 perderam, a 502 está recuperando e crescendo com isso. O excelente elenco, a atenção dos funcionários e os bons preços fazem dela o melhor custo benefício entre todos os puteiros do Rio. Vida longa a 502.
Dante-RJ
Offline
Avatar de usuário
FORISTA
Mensagens: 19
TDs: 16

Mensagempor Dante-RJ » 08/02/2018 11:57:34

Garota: Pietra
tdpositivo
Beijo: Sim
Oral: Sim (sem latex e não finalizado)
Anal: Sim
Data: 06/02
Cachê: R$190 por: 1 hora

Relato:
Existiu uma casa que até hoje é pronunciada como lenda pela boca de quem a conheceu, ficava numa rua discretíssima da Praça da Bandeira, um prédio de três andares, chamava-se Red Light. A ideia surgiu de um lendário forista que usava o nick de Prelúdio, teve meu apoio intelectual e a participação de outros personagens da época. Foi um sucesso retumbante. Quem a conheceu, sabe do que falo.

Hoje, de uma termas que julgávamos falecida, renasce outro espaço com a mesma aura de lenda que parecia ter sido perdida com o fim da Red Light: é a 502.

Terça-feira, casa lotada como se fosse numa sexta. Presença de renomados foristas do passado como El Pilon, Everlast, Scooby Doo, Woodstock, Seu Madruga, Ken Masters, Interessante e tantos outros. Uma festa tocada por duas gerentes incansáveis. Dj Severo nas carrapetas. Onze horas da noite e mulheres não paravam de chegar. Inacreditável. Por 190 reais você faz um programa de 1 hora com meninas egressas até da 4x4, 65 e Cancun. Honestamente, não há melhor custo-benefício no Centro atualmente.

Todos os quartos e suítes da 502 possuem chuveiro de água quente, o melhor de tudo é que funcionam. Casa limpa, preocupada com a higiene e com o bom atendimento pelos funcionários. É uma casa de luxo com preços acessíveis. O novo diretor do local não para, está investindo tudo no êxito do empreendimento. Finalmente, um dono de puteiro que pensa como empresário, não como agiota.

Mais uma vez repeti com Pietra, que é mais do que uma mulher, é um monumento, uma fêmea que deveria ser tombada como patrimônio histórico e cultural do Rio de Janeiro. Geme como se fosse canto de sereia, é preciso ser forte para não pirar; menina sem frescura, que faz tudo para agradar aos clientes sem passar o ranço de que é profissional. Uma divindade. Toda sarada, lembra a Nicole Bahls. Impressionante. Beijos, amassos, chupadas e gozo. Saio em estado de euforia da suíte.

Depois da 502, todas as grandes casas do Centro (4x4, Cancun e 65) viraram terra para amadores. Vida longa a 502. Libertinos, ouçam o chamado...
Dante-RJ
Offline
Avatar de usuário
FORISTA
Mensagens: 19
TDs: 16